O misterioso filme que muitos viram, mas nunca existiu


- Publicidade -
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

No começo dos anos 90, o comediante americano Sinbad (David Atkins) estrelou Shazaam, no papel de um gênio muito louco. O filme foi assistido por milhares de pessoas, e pode até ter servido de base para Kazaam, com Shaquile O’Neil, lançado em 1996 com enredo similar.

Pelo menos é assim que as pessoas lembram. Só tem um problema: o filme não existe e nunca existiu. Não há qualquer registro de sua gravação ou lançamento. O próprio ator confirma que nunca o fez, e sequer havia ouvido falar de tal coisa antes de começar a ser perguntado pela internet.

Shazaam foi citado em discussões do Reddit, e conforme o rumor se espalhou, mais e mais gente garantiu lembrar dele. “Tive que lidar dezenas de vezes com duas cópias que tínhamos naquele tempo“, disse Don, que trabalhava na locadora de seu tio, referindo-se a meados de 1994. “E tive que assisti-lo múltiplas vezes para procurar possíveis danos na fita, rebobinar e conferir tudo, depois colocava a caixa na prateleira para locação“.

Outro que garante tê-lo visto é Carlos (nome fictício, prefere não usar o real, talvez por medo de ser ridicularizado). Ele lembra perfeitamente de assisti-lo com sua irmã, na mesma época. “É como se parte da minha infância tivesse sido roubada. Como pode um filme ser varrido da história assim?

Segundo sua descrição, Sinbad interpretava um gênio atrapalhado que deveria conceder desejos a duas crianças. Carlos colocou uma recompensa de mil dólares no Craiglist para quem tivesse uma cópia, mesmo que caseira, de Shazaam.

Não resolveu. O filme simplesmente não existe. Ou deixou de existir…

Sinbad estrelou o filme Shazaam, em que interpretava um gênio trapalhão? Talvez num universo alternativo. Foto: Harry Langdon / Getty Images

Meredith Upton, de 25 anos, também lembra com detalhes. “Sempre que vejo Sinbad, lembro dele interpretando o gênio. Lembro que o nome do filme era Shazaam. Lembro de duas crianças que por acidente invocam o gênio, e eles pedem que seu pai se apaixone de novo após a morte da mãe, mas Sinbad não consegue realizar seus desejos“.

Don confirma o roteiro, e vai mais longe, com uma remontagem cena a cena: as crianças pedindo uma nova esposa para o pai, a garotinha desejando que sua boneca fosse consertada, e a cena final numa festa à beira da piscina. Ele garante lembrar de tudo porque os clientes da locadora o devolviam com frequência alegando um defeito, o que o fazia procurar pelo ponto problemático.

Outro depoimento assegura que era produção da Disney, e Sinbad dava um grito característico “Shazaam deseja!” para realizar os pedidos. Teria sido lançado “não antes de 1995“, e numa das cenas, as crianças pedem que o gênio prove seu poder fazendo chover fast-food, e ele acaba as cobrindo com uma montanha de lanches gordurosos.

Essas memórias são apenas algumas das centenas de pessoas que vasculham a internet à procura de indícios da existência daquilo que suas mentes contam, mas o mundo discorda. Detalhe: o próprio Sinbad nega a produção, e falou algumas vezes no Twitter sobre o assunto (e parece não estar gostando da insistência):

Já notaram como ninguém da minha idade viu esse tão falado filme do Sinbad gênio, só vocês pessoas que eram crianças nos anos 90. A mente jovem!

Em outra sequência de tweets, dá o assunto por encerrado:

Quanto a esse jogo do filme Shazaam, do Sinbad Gênio: não vamos mais falar nisso até vocês produzirem alguma filmagem. Se tantos viram, tem que existir ao menos um VHS por aí que possam gravar um vídeo curto pra nós. E não estou falando de caixas montadas no Photoshop, filmem o que está na caixa“, desafiou o comediante.

Até agora, nada.

Como pode?

Óbvio que surgiram teorias para explicar o “sumiço” do filme.

Universo paralelo

A mais citada — e fantástica — é o Efeito Mandela. Em 2010, a blogueira Fiona Broome descobriu que várias pessoas, como ela, lembravam de Nelson Mandela ter morrido durante seu período preso — mas Mandela foi libertado em 1990 e mais tarde seria presidente da África do Sul. Ela lembra de detalhes como reportagens de TV, cenas de revolta nas ruas do país, a cobertura do funeral, etc. Isso trouxe à tona memórias de outros eventos inexistentes, como episódios de Star Trek que nunca foram gravados.

Segundo a própria, não é questão de “achar” que lembra, ou ter a sensação: ela sabe que em algum ponto dos anos 80, viu imagens do funeral de Mandela na TV.

Dois anos depois, um blogueiro escreveu sobre como sua recordação dos livros infantis “Os Ursos BereinstEin” foi destruída ao descobrir que o nome era “Os Ursos BereinstAin”. De novo, outras pessoas lembravam do título que nunca existiu. Ele viajou sobre as possibilidades e chegou à explicação para seu caso e de Nelson Mandela: estamos vivendo num universo paralelo à nossa realidade anterior.

Há quem acredite pra valer na possibilidade de um “bug universal” ocorrido em algum ponto depois dos anos 90; uma inteligência superior teria então nos transferido para um novo universo, mas pequenas diferenças vão sendo percebidas por quem viveu em ambos. Carl, por exemplo, embora reconheça que um recall do filme seja mais plausível, usa a aposta do físico Neil deGrasse Tyson — de que há chances reais de sermos parte de uma simulação — para apoiar o Efeito Mandela.

O filósofo Nick Bostrom, da Universidade de Oxford, sugere que membros de uma civilização avançada, com enorme poder computacional, podem decidir simular seus ancestrais. Num tempo em que já podemos fazer tal simulação“, completa falando de computadores quânticos, “será mesmo uma teoria tão absurda?

Grupos foram organizados, como o r/mandelaeffect, onde “falsas memórias” são discutidas: apenas uma bomba atômica sendo jogada no Japão, os territórios de Sri Lanka e Nova Zelândia sendo num ponto diferente do planeta, quotes de cinema diferentes como Darth Vader dizer “Luke, I’m your father” e não “No, I’m your father“, e muitas mais.

Estaríamos num universo backup, restaurado mas com alterações em relação ao original?

Falsas memórias

Seja como for, as pessoas continuam se lembrando do filme. Uma secretária canadense descreve a capa tendo “fundo roxo, com Sinbad vestido de gênio, costas com costas com um menino de uns 12 anos“. Don lembra que “tinha Sinbad escrito bem grande, em letras enormes em relação ao resto“.

Coincidência ou não, detalhe de um dos cartazes de Kazaam, aquele de 1996 com Shaquille O’Neil:

Roxo, letras grandes. Uma falsa memória relacionada ao filme de Shaquille seria ainda mais suportada por isso:

Segundo Sinbad, a imagem é de 1994, quando ele apresentou uma maratona de Sinbad, o Marujo — a história oriunda do Oriente Médio já foi abordada no cinema e animações. A confusão viria da mescla de Kazaam.

Ok, mas como explicar quem viu a fita várias vezes e lembra como se fosse ontem dela? E quem lembra do filme mas nunca ouviu falar na teoria de conspiração / universos paralelos? Um surto de memórias artificiais por sugestão?

Perguntei ontem à minha esposa sobre um filme com Sinbad e antes de eu terminar a questão ela disse “Aquele filme do gênio, Shazaam“.

Recall

Outra explicação — ou teoria de conspiração — é que Sinbad (ou o suposto produtor e redator, Phil Hartman) teria detestado tanto o filme, que prefere omitir sua existência, e ele tenha sido de alguma forma recolhido. Tipo a Playboy da Xuxa, mas como sabemos, é praticamente impossível desaparecer totalmente com algo tão distribuído.

Nessa linha, a produtora teria sido processada por violação de patentes — na mesma época, a DC Comics tinha um programa de TV com o titulo Shazaam! As cópias teriam sido recolhidas e o filme virado assunto proibido. Embora não resolva a questão de não existir NADA, nem em feiras de fundo de quintal, essa é a teoria preferida dos céticos que estão certos do que viram uns 20 anos atrás.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Qual a Sua Reação?

Amo Amo
0
Amo
Blagh Blagh
1
Blagh
Buá
0
Buá
Grr Grr
0
Grr
Haha Haha
2
Haha
Medo
2
Medo
Uau Uau
4
Uau
WTF WTF
4
WTF

Comente pelo Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

login

Não tem uma conta?
registro

reset password

Voltar para
login

registro

Captcha!
Voltar para
login
Escolha um Formato
Quiz de personalidade
Trivia quiz
Enquete
História
Lista
Open List
Ranked List
Vídeo
Áudio
Imagem