Estragando sua citação: 7 frases erroneamente atribuídas


- Publicidade -
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Ah, nada melhor que abrir o Facebook e encontrar uma frase motivacional bonitinha num gif cheio de luzinhas em plena segunda-feira, certo? Quem vive sem o vasto catálogo de adágios compilados de Caio Fernando Abreu, ou a citação comprometedora do político que você detesta?

Essas frases circulam fácil e a maioria é manjada, do tipo que qualquer estudante do ensino fundamental (ok, nem todos) manda sem pensar duas vezes quem é o autor. O problema é que algumas foram oportunamente escolhidas e atribuídas a personalidades, em momentos em que a palavra certa reafirmaria ou criaria um ícone, erguendo bandeiras de rebeldia, contracultura ou inovação.

Passadas décadas da morte dos “autores”, com documentação escassa e menos ainda interesse em buscar a verdade, elas ficariam pra sempre em seu lugar se não fosse o — termo que causa calafrios em muita gente, e com razão em certos casos — revisionismo histórico. Como discutir abertamente durante um regime de exceção ou quando a simples menção em questionar é tratada como tentativa de manipular uma verdade estabelecida, e ocasionalmente confortável?

Mas parte dessas frases “verdadeiras” vêm caindo — na mesma velocidade que outras são inventadas e maquiadas com um rosto famoso pra bombar em redes sociais e sites de lorota…

citações falsas
Se está na internet, deve ser verdade…

Olho por olho, e todos acabaremos cegos – Ghandi?

Supostamente dita por Mahatma Ghandi, líder reconhecido pelo movimento que levou a Índia à independência. Mas não existe nenhum registro oficial de que tenha sido proferida por ele, em qualquer momento.

Embora coubesse perfeitamente em seu discurso e ações pacifistas, o especialista em citações de Yale, Fred Shapiro, examinou a questão e chegou à conclusão de que o principal biógrafo de Ghandi, Louis Fischer, empregou a frase para descrever sua abordagem, mas jamais disse ter vindo dele.

Ela parece ter sido remodelada a partir de outra citação conhecida, tirada da Bíblia, Êxodo, 21:24 — a famosa passagem do “olho por olho, dente por dente”.

O mal é a ausência de Deus – Albert Einstein?

A frase é parte de um longo texto que circula há bastante tempo na internet, um conto sobre o aluno crente discutindo com o professor ateu, que é humilhado pela total falta de argumentos no final. O plot twist é que o aluno é nada menos que Albert Einstein, aquele.

A ocorrência mais antiga que encontrei é de 1998, em inglês, e como se nota, Einstein não havia entrado no rolo: o personagem é apenas um “cristão”. Mas sabem como funciona… Colocar um ícone da ciência no lugar talvez tornasse a trama mais verossímil, e assim o físico se tornou o jovem aluno. Repetidas vezes foram atribuídas declarações religiosas a Einstein, que se declarava agnóstico.

Os fascistas do futuro se chamarão antifascistas – Winston Churchill

A frase, também traduzida como “Os fascistas de hoje serão os antifascistas de amanhã“, foi atribuída a Winston Churchill.

Mas já sabe, né? Não existe nenhuma prova, registro de qualquer espécie que a coloque na boca do personagem histórico britânico. É sim conhecida fala similar por Huey Long, controverso político americano das décadas de 1920 e 1930 que teria declarado: “Quando o fascismo chegar aos Estados Unidos, será chamado de antifascismo!“.

Long foi governador da Louisiana e com um forte populismo — que alguns historiadores consideraram “o mais próximo que os Estados Unidos conheceram de uma ditadura” —, tinha pretensões presidenciais em 1936, mas foi assassinado pouco depois de confirmar a futura candidatura.

Não é preciso acreditar em Deus para ser uma boa pessoa – Papa Francisco

Em 2014, essa frase, dentro de outra maior, circulou nas redes sociais como citação do Papa Francisco. A citação em questão, pra ficar mais claro, foi “Não é preciso acreditar em Deus para ser boa pessoa. De certa forma, a noção tradicional de Deus está ultrapassada. A pessoa pode ser espiritual mas não religiosa. Não é necessário ir à igreja e dar dinheiro – para muitos, a natureza pode ser uma igreja. Algumas das melhores pessoas da história não acreditavam em Deus, enquanto alguns dos maiores crimes foram cometidos em nome Dele“.

Imediatamente se entendeu que ele teria dito algo inconcebível para a igreja da qual é o líder máximo: que acreditar ou não em um deus seria totalmente irrelevante. Por mais que o papa seja moderno em certos aspectos — já deu declarações sobre aborto e homossexualidade que batem de frente com convicções de católicos conservadores —, o que ele disse em 2013 foi um tanto diferente: “Devemos nos congregar fazendo o bem. “Mas eu não acredito, sou ateu”. Mas faça o bem, e vamos nos encontrar“.

Mulheres bem-comportadas raramente fazem história – Marilyn Monroe

A frase já foi atribuída a inúmeras mulheres importantes das artes e política, de Marilyn Monroe à Hillary Clinton e Leila Diniz. Teria uma delas dito e as outras repetido?

A única conhecida e comprovada autora do adágio é Laurel Thatcher Ulrich, escritora americana vencedora do Pulitzer em 1991 com o livro “A Midwife’s Tale”. A frase saiu de seu ensaio de 1976, “Vertuous Women Found: New England Ministerial Literature, 1668-1735“.

Depois de espalhada pela internet, e raramente creditada à sua verdadeira “dona”, Ulrich escreveria mais tarde um livro a usando como título. Mas não adianta: é uma das campeãs de falsas atribuições.

Odeio a palavra homofobia. Isso não é uma fobia. Você não tem medo, você é só um c*zão – Morgan Freeman.

Morgan Freeman, sabe-se lá porquê, é um dos campeões de citações falsas. Essa frase circula com a foto dele tem algum tempo, e a primeira ocorrência encontrada é de 2007, citada como “autor desconhecido”. Mais tarde, o perfil fake NotMorganFreeman a repostou, o que talvez tenha confundido ainda mais gente.

Além dele, outro perfil “especializado” em tweets falsos, o Tweets From God postou o tweet da conta @MorgonFreeman (sim, Morgon). Quer dizer: não há fonte conhecida que comprove que o verdadeiro Freeman seja o autor. Mas quem sabe após o fake — que tem mais de 350 mil seguidores — a repetir, induzindo tanta gente ao erro, a frase tenha chegado até ele.

Para saber quem controla sua vida, só descubra quem você não tem permissão para criticar – Voltaire

A frase é vastamente atribuída ao pensador Voltaire, um dos primordiais do Liberalismo. Foi dele aquela famosa (e também de autoria discutível) frase “Posso não concordar com uma palavra do que você disse, mas defenderei até a morte seu direito de dizê-las” que todo adolescente aprende na escola.

A frase em questão, que poderia servir para criticar instituições manipuladoras de qualquer espécie, uma crítica ao controle, é na verdade autoria de Kevin Strom. E quem é esse? Um “intelectual” neo-Nazi americano, supremacista branco que teve sérios problemas com a justiça por causa de pedofilia, e que repete aquelas ladainhas que você já imagina: separação da raça ariana, supremacia racial, sodomia ou queimar bandeiras devia ser crime, etc.

Lamento a morte de milhares de vidas preciosas, mas não vou me alegrar na morte de uma, mesmo de um inimigo – Martin Luther King Jr.

Bom, a frase inteira é mais longa, seguindo com “Pagar ódio com ódio multiplica o ódio, adicionando profunda escuridão a uma noite já carente de estrelas. Escuridão não pode acabar com a escuridão: só a luz. Ódio não pode acabar com o ódio: só o amor“.

A primeira parte, curtinha e direto a ponto, parecia perfeita para montar um “quote” bacana e ganhar likes, certo? E foi o que alguém fez, colocando o ativista pró igualdade racial na história, porque a segunda parte é dele. O problema é que a autora da “introdução”, Jessica Dovey, postou aquilo como um sentimento pessoal quando Osama Bin Laden foi dado como morto em 2011, e em seguida postou a frase de King. Daí alguém resolveu misturar as duas numa só, e deu nisso.

E quem é Jessica Dovey? Uma pensadora da nossa geração? Uma personalidade? Não, só uma moça do Facebook.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Qual a Sua Reação?

Amo Amo
1
Amo
Blagh Blagh
0
Blagh
Buá
0
Buá
Grr Grr
0
Grr
Haha Haha
2
Haha
Medo
0
Medo
Uau Uau
1
Uau
WTF WTF
0
WTF

Comente pelo Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

login

Não tem uma conta?
registro

reset password

Voltar para
login

registro

Captcha!
Voltar para
login
Escolha um Formato
Quiz de personalidade
Trivia quiz
Enquete
História
Lista
Open List
Ranked List
Vídeo
Áudio
Imagem